Alimentação Escolar para Estudantes com Necessidades Alimentares Especiais

O Programa Nacional de Alimentação Escolar, desde 1995, atende todos os estudantes da atenção básica da rede pública através da oferta de alimentação e ações de educação alimentar a nutricional e, a partir de 2014, por meio da Lei 12982, passou a ser obrigatória a elaboração de cardápios especiais para a alimentação escolar.

 alimentação escolar especial

Fonte: http://www.fnde.gov.br/programas/alimentacao-escolar/alimentacao-escolar-material-de-divulgacao/alimentacao-manuais/item/10217-caderno-de-refer%C3%AAncia-alimenta%C3%A7%C3%A3o-escolar-para-estudantes-com-necessidades-alimentares-especiais

Sendo assim, a oferta de uma alimentação escolar saudável, adequada, sustentável, que respeite a cultura e tradição das populações, que considere a faixa etária dos alunos e suas necessidades alimentares especiais é de extrema importância.

Diante disso, o governo federal lançou o “Caderno de referência sobre alimentação escolar para estudantes com necessidades alimentares especiais”, voltado para nutricionistas do PNAE, o documento “contém orientações dietéticas destinadas exclusivamente a subsidiar a elaboração de cardápios especiais para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e não substituem o atendimento e a prescrição de médicos, nutricionistas ou de outros profissionais de saúde. O Guia está baseado em protocolos clínicos e diretrizes terapêuticas (PCDT), consensos e diretrizes nacionais e legislações, cabendo adaptação em função de PCDT distrital, estaduais ou municipais, ou de decisão do responsável técnico (BRASIL, 2017).”

O caderno aborda os seguintes temas em seus capítulos: implantação do atendimento diferenciado; alergias alimentares; doença celíaca; diabetes; dislipidemias e hipertensão arterial, além de diversos matérias informativos, como cartazes e folhetos para divulgação e promoção da alimentação saudável, fluxograma de atendimento aos alunos com necessidades alimentares especiais, modelos de cartas circulares aos profissionais de saúde e assistência social, dentre outros.

Por fim, este caderno pode ser visto como um suporte para os profissionais de saúde que atuam na alimentação escolar, visando o acolhimento e atenção aos alunos com necessidades alimentares especiais, buscando a integração deste aluno e aperfeiçoamento do PNAE.

 

Por Ianna Lôbo

Leia mais:

Link para download do Caderno de referência sobre alimentação escolar para estudantes com necessidades alimentares especiais: http://www.fnde.gov.br/programas/alimentacao-escolar/alimentacao-escolar-material-de-divulgacao/alimentacao-manuais/item/10217-caderno-de-refer%C3%AAncia-alimenta%C3%A7%C3%A3o-escolar-para-estudantes-com-necessidades-alimentares-especiais

http://ecos-redenutri.bvs.br/tiki-read_article.php?articleId=2063

 

http://www.fnde.gov.br/programas/alimentacao-escolar/alimentacao-escolar-apresentacao