ALERTA: NOSSAS CRIANÇAS ESTÃO DORMINDO POUCO!

Sono das criancashttp://natelinha.uol.com.br/espelhomeu/comportamento/2015/07/20/a-crianca-precisa-dormir-cedo-entenda-por-que-125.php

É preciso recordar os pais sobre a importância do sono adequado na infância e alertar sobre o que pode afetar uma boa noite de sono e seus prejuízos ao desenvolvimento. Como diz sabiamente o conhecimento popular “criança que não dorme não cresce”. De fato é durante as boas horas de sono que o organismo produz o hormônio responsável pelo crescimento (GH). Mas não é só isso, o sono tem papel essencial na consolidação da memória, no aprendizado e no desenvolvimento da criatividade, podendo o seu déficit repercutir no desempenho escolar.

Dada a importância do tema, investigações envolvendo sono e diversos aspectos da saúde são desenvolvidos em vários centros acadêmicos.

Pesquisa desenvolvida na Universidade do Sul da Austrália com crianças e adolescentes de 9 a 18 anos de idade mostra que dormir bem e acordar cedo ajuda a prevenir a obesidade. Os autores constataram que os sujeitos investigados que dormiam mais cedo, tendiam a acordar mais cedo e, conseqüentemente serem mais ativos e mais magros¹. Este estudo mostra uma relação em que a duração do sono diminui à medida que o IMC dos indivíduos aumenta, no entanto, para que estas relações sejam melhores estabelecidas há a necessidade de que mais estudos sejam produzidos, possibilitando uma compreensão mais clara da relação de ‘causa e efeito’ entre essas variáveis.

Uma investigação realizada na Universidade do Colorado, com crianças de 2 anos e meio e 3 anos mostrou que os níveis de ansiedade e irritação dos pequeninos tendem a aumentar quando estes são privados de uma soneca de rotina, o que os torna menos capazes de lidar com frustrações.

Sabe-se que a necessidade quanto à quantidade de horas de sono pode mudar de criança para criança, e varia principalmente de acordo com a idade. Crianças mais novas precisam dormir mais, e com o passar dos anos essa demanda vai gradativamente diminuindo.

De modo geral, as crianças precisam de mais horas de sono do que os adultos, e, portanto, devem ir dormir mais cedo. Entretanto, os padrões atuais que regem nossa sociedade não são favoráveis, de forma que ir dormir antes das 21 horas parece uma realidade pouco comum. Essa mudança nos hábitos de sono tem afetado diretamente aspectos relacionados à saúde e ao futuro.

Assim como as crianças, os pais também sofrem com esta situação. Melhorar os hábitos de sono da criança envolve diretamente a mudança de hábito de todo o núcleo familiar. Para a criança aceitar dormir cedo é preciso que o ambiente esteja em consonância. É hora de pouco ou nenhum estímulo: baixa luminosidade, cessação das tarefas em casa e um ambiente de silêncio. Outra estratégia interessante é criar rituais como colocar o pijama, escovar os dentes e contar histórias. Assim, a criança passa a entender e a se adaptar com a hora de dormir.

Ênfase especial para celulares, tabletes e demais aparelhos eletrônico, estes devem ser evitados próximo à hora de dormir, pois definitivamente atrapalham o processo de adormecer e a qualidade do sono de crianças e de adultos.

É um grande desafio aos pais ir à contramão da aceleração e escassez de tempo, assim como driblar os inúmeros afazeres da rotina para engajarem-se na construção de um lar de cuidado que favoreça o desenvolvimento de hábitos saudáveis que consequentemente garantirão mais saúde física e emocional no futuro para essas crianças.

Por: Júlia Feltrin Ivers e Denise Ely Bellotto de Moraes

REFERÊNCIAS:

http://www.ebc.com.br/infantil/voce-sabia/2015/01/por-que-dormir-bem-e-importante

https://dicas.club/?p=5394

¹OLDS, T; BLUNDEN, S;DOLLMAN, J; MAHER, C.A. AUST. N. Z. Day type and the relationship between weight status and sleep duration in children and adolescents. J. Public Health, 2010 Apr; 34(2): 165–171.