Ressignificando a Sexualidade na Terceira Idade

sexualidade idoso 

Fonte da Imagem

A sexualidade é uma característica inerente a todos os indivíduos, de qualquer faixa etária, e singular a cada pessoa. Pode também ser compreendida como o encontro de sentimentos simbólicos e físicos como respeito, aceitação e prazer. Ela é construída ao longo do tempo, sendo influenciada pela história, sociedade, cultura, aspectos individuais e psíquicos de cada indivíduo. (HOGAN, 1985 apud ROZENDO E ALVES, 2014).

A velhice ainda hoje é vista como sinônimo de incapacidade, tanto física como mental, resultando na concepção que os idosos são pessoas assexuadas. A sociedade entende que a fase de vivenciar a sexualidade pertence à idade dos mais jovens, contribuindo assim para construção de preconceitos e mitos relacionados ao tema. Com isso, os idosos assumem uma atitude pessimista em relação a sua sexualidade, inibindo assim sua expressão e contribuindo para que o assunto não seja discutido uma vez que é visto como um grande tabu em nossa cultura.

Apesar das limitações que podem ocorrer na terceira idade, isto não impede que estes indivíduos estejam satisfeitos com sua sexualidade. As dificuldades encontradas geralmente estão associadas à falta de informação e principalmente à ideia de que a sexualidade esteja restrita aos órgãos genitais. É importante ressaltar que as carícias e o toque também podem ser vistos como a expressão da sexualidade, sendo que o beijo, o carinho e a fala podem representar a vivência da sexualidade nesta faixa etária.

Sabendo que a vivência da sexualidade entre os idosos faz parte da saúde e bem estar nesta faixa etária é necessário que se repense em relação ao julgamento e a vigilância que é mantida pela sociedade fazendo com que os mais velhos se sintam inibidos de expressar com naturalidade sua identidade sexual. Portanto se faz necessária a mudança no olhar que a sociedade tem sobre o assunto, permitindo que os idosos se sintam livres para vivenciar sua sexualidade, sem  mitos, preconceitos e tabus.

Autoria: Claudia Sales e Mariany Abreu

Bibliografia:

ROZENDO, A.da S.; ALVES, J.M. Sexualidade na terceira idade: tabus e realidade. Revista Kairós Gerontologia. São Paulo, 2015.

Para saber mais: Fatores que interferem na sexualidade de idosos: uma revisão integrativa