ENTREVISTA: "O diabetes vai levar a saúde pública à falência"

Diabetes

A entrevista publicada na Veja Online com o Diretor do Joslin Diabetes Center, um dos principais centros de referência do mundo em diabetes, e professor da Universidade Harvard, Enrique Caballero, parece ser um exagero, mas infelizmente não é. A previsão para os próximos anos é catastrófica em relação ao avanço não apenas do diabetes, mas de todas as doenças crônicas não transmissíveis, tanto no Brasil como no mundo.

"Em todo país se gastam milhões e milhões de dólares em complicações do diabetes. São gastos em hospitais, com cirurgias e diálises, por exemplo. Essa quantia gasta com as complicações é imensa, e vai levar todos os sistemas de saúde pública do mundo à falência."

O endocrinologista afirma que a epidemia avança e é preciso investir com urgência na prevenção para barrar o aumento progressivo da doença. Ele relembra que os dados que temos hoje podem estar subestimados, já que o diabetes é uma doença silenciosa em que muitas pessoas sequer sabem que tem a doença. Os primeiros sinais aparecem 15 anos depois de seu início.

Ainda reafirma que o diabetes é a causa número um de cegueira e de falência crônica dos rins, uma das principais causas das doenças cardiovasculares e das amputações por causas não traumáticas. Até mesmo problemas de ereção pode ser uma consequência da doença. O diabetes pode ser uma doença devastadora.

Leia a entrevista completa em:

http://veja.abril.com.br/noticia/saude/o-diabetes-vai-levar-a-saude-publica-a-falencia-diz-endocrinologista