Jamie Oliver: chefe de cozinha lutando contra a obesidade, acusa governo inglês de “matar” os britânicos

Jamie Oliver

Conhecido mundialmente pelo seu entusiasmo, o chefe de cozinha Jamie Oliver cada vez mais vem se preocupando com a qualidade da alimentação infantil oferecida nas escolas e nas casas das famílias, não só do Reino Unido, mas também do mundo inteiro.

Revoltado com a omissão do governo em relação aos dados alarmantes de obesidade no Reino Unido, o chefe inglês acusa o governo de “matar” a população com falta de políticas de saúde publica que consiga controlar a crise, que acompanha o cenário mundial.

Em resposta ao posicionamento firme de Oliver, Malcolm Clark, coordenador da Children's Food Campaign, diz “É uma vergonha que Jaime não é nosso secretário de saúde”.

Engajado na luta contra obesidade, ele faz uso da sua popularidade e carisma para alertar as pessoas quanto à necessidade emergencial de mudança de padrão alimentar, graças às altas taxas de sobrepeso e obesidade em crianças e adolescentes, muito em função do alto consumo de alimentos processados, rico em gordura e açúcares.

Através de programas de televisão, mobilizou milhares de pessoas em relação à qualidade da alimentação oferecida nas escolas e as consequências disso para a garotada.

“Food revolution”, “Jamie´s Ministry of Food”, “Jamie's School Dinners”,são algumas das campanhas do chefe britânico que visa resgatar não apenas o hábito, mas também a habilidade das pessoas de cozinhar, promover saúde e educação alimentar, principalmente entre as crianças.

Em 2010 recebeu o prêmio Technology, Entertainment, Design (TED) pela iniciativa da defesa pela comida saudável.

Por Juliana B Vega

Leia a matéria na íntegra em: http://www.guardian.co.uk/society/2012/mar/06/jamie-oliver-accuses-coalition-killing-britons?INTCMP=SRCH

Saiba mais sobre as campanhas: http://www.jamieoliver.com/foundation/