Como Manter uma Alimentação Equilibrada na Ceia de Natal

Ceia de natal

De acordo com as tradições natalinas em diversas culturas o cardápio da ceia de natal deve ser farto. Os alimentos presentes na ceia são ricos em açúcares, gorduras e muito sal. Quase sempre apresenta carnes variadas, guloseimas de todos os tipos como rabanada, farofa, arroz à grega, tortas diversas, e por fim as sobremesas, trazendo muitas calorias, e deixando a desejar em termos de alimentação saudável.

Mas é possível mudar essas tradições, tornando a ceia mais saudável. Os pratos típicos podem reformulados e adequados ao clima da época. Afinal de contas quem quer ir para a praia ou piscina com uns quilinhos a mais?

Começando pelas carnes, uma boa dica é substituir as mais gordurosas como o lombo, tender e pernil por carnes magras como o peito de peru, chester e frango. Esses últimos são excelentes fontes de proteínas com baixo teor de gordura. Os peixes cozidos ou assados também são uma boa opção, principalmente os de água profunda, como o salmão, a sardinha, o arenque e a truta, que são ricos em ômega 3 1.

O arroz à grega pode ser mantido, mas substituindo-se o arroz branco por arroz integral, que é rico em fibras. Para dar um colorido ao pode-se acrescentar legumes, frutas secas e as sementes oleaginosas, que são as castanhas, amêndoas, nozes e avelãs.

As quiches e tortas podem ser substituídas por saladas variadas. O tempero pode ser feito com azeite de oliva, vinagre balsâmico ou limão e pode ser acrescido de ervas finas, como o manjericão, orégano, alecrim, etc. O sal deve ser consumido com moderação, pois o excesso leva à hipertensão arterial2.

As frutas podem ser consumidas à vontade, compondo tanto os pratos salgados, como as saladas, quanto sobremesas. Os doces devem ser evitados, pois são bastante calóricos, ricos em açúcar e gordura. Eles podem ser substituídos por salada de frutas, rica em vitaminas, minerais e fibras.

As bebidas alcoólicas podem ser ingeridas com moderação, mas devem-se evitar as destiladas, como uísque e vodca, que possuem alto teor alcoólico e muitas calorias. Entre as bebidas fermentadas, a mais indicada é o vinho tinto, pois é rico em flavonóides que são nutracêuticos relacionados a efeitos benéficos na saúde cardiovascular3,4.

Como nessa época faz muito calor é importante manter o organismo hidratado, devendo-se ingerir grandes quantidades de água e sucos naturais, evitando-se os refrigerantes.

E você, tem alguma dica ou receita para uma ceia de natal mais saudável? Envie para o portal.

 

Referências

Martin CA, Almeida VV, Ruiz MR, Visentainer JEL, Matshushita M, Souza NE et al . Ácidos graxos poliinsaturados ômega-3 e ômega-6: importância e ocorrência em alimentos. Rev. Nutr. 2006 ;  19(6): 761-770.

BISI MOLINA, Maria del Carmen et al . Hipertensão arterial e consumo de sal em população urbana. Rev. Saúde Pública,  São Paulo,  v. 37,  n. 6, Dec.  2003.

Giehl MR, Bosco SM, Laflor CM, Weber B. Eficácia dos flavonóides da uva, vinho tinto e suco de uva tinto na prevenção e no tratamento secundário da aterosclerose. Scientia Medica v. 17, n. 3, p. 145-155, jul./set. 2007 .

Vinson JA, Teufel K, Wu N. Red wine, dealcoholised red wine and especially grape juice, inhibit atherosclerosis in a hamster model. Atherosclerosis 2001;156:67-72

Por Aline Salvatti