Consumo excessivo de açúcar está associado ao risco de morte aumentado por doenças cardiovasculares

Doenças cardiovasculares
O consumo excessivo de açúcar de adição esta associado ao aumento da pressão arterial e dos triglicérides e à diminuição do HDL colesterol (“bom colesterol”) da ação da insulina. Por esses mecanismos determina aumento do risco de morte por doenças cardiovasculares.

Segundo estudo realizado pelo Centro de Prevenção e Controle de Doenças (Center for Disease Control and Prevention – CDC) com mais de 31 mil participantes da Pesquisa Nacional de Saúde e Nutrição (National Health and Nutrition Examination Survey), pessoas que consomem mais de 21% das calorias diárias provenientes do açúcar de adição tem o dobro do risco de morte por doença cardiovascular quando comparadas aquelas que consomem menos que 10%.

Outros achados do estudo revelam que 71% dos adultos norte-americanos consomem 10% ou mais das calorias diárias provenientes do açúcar de adição, e 10% dos adultos consomem 25% ou mais do mesmo. De acordo com as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), o consumo diário de calorias provenientes do açúcar de adição não deve ultrapassar os 10%.

Dentre os alimentos que tem grandes proporções de açúcar de adição destacam-se os refrigerantes, bolos, biscoitos, doces e sorvetes além logicamente do próprio açúcar refinado. Vale ressaltar que o açúcar refinado não tem outros nutrientes, pelo contrário, é composto exclusivamente de calorias vazias, que engordam e não nutrem!

Por Laís Amaral Mais

Link para a notícia:

http://www.usatoday.com/story/news/nation/2014/02/03/added-sugars-heart-disease-death/5183799/