Longos períodos sentado podem estar associado ao risco de diabetes, doenças cardiovasculares e mortalidade

Estudo da Universidade de Leicester em associação com a Universidade de Loughborough evidenciou que permanecer rotineiramente sentado por longos períodos aumenta o risco de desenvolver doenças crônicas tais como diabetes, doenças cardíacas e morte.

Mesmo realizando atividade física diária recomendada, ficar sentado o dia todo compromete o estado de saúde das pessoas. Normalmente um adulto passa 50 a 70% do seu tempo sentado, por exemplo, em frente ao computador.

Os pesquisadores sugerem que há várias maneiras de reduzir o tempo sentado ao longo do dia como, por exemplo, fazer reuniões em pé, ou colocar o laptop sobre o armário para trabalhar de pé, caminhar durante o horário do almoço e diminuir o tempo destinado à televisão durante a noite.

Este é mais um estudo que revela o quão nocivo é o estilo de vida sedentário, por estar associado a um maior comprometimento da saúde e da qualidade de vida da população.

Por Juliana Bergamo Vega

 

Leia mais em http://www.alphagalileo.org/ViewItem.aspx?ItemId=124836&CultureCode=en