Badmington Mais força, velocidade, agilidade e flexibilidade na sua vida!

Neste mês o Portal Estilo de Vida Saudável entrevistou Cláudio Rocha Soares, simpático professor de Educação Física, natural de Belo Horizonte (MG) e graduado no Centro Universitário de Belo Horizonte e pós-graduando em Ciências da Nutrição pela Universidade Federal de São Paulo.

Atividade fisica - badminton
http://en.wikipedia.org/wiki/Badminton

Seu projeto de pesquisa é focado no tratamento da obesidade em adolescentes na unidade assistencial da disciplina de nutrologia pediátrica do departamento de pediatria da UNIFESP, com principal objetivo verificar o impacto da estratégia de atendimento ambulatorial em grupo, quanto à orientação e aconselhamento à pratica de atividade física, no tratamento da obesidade em adolescentes. Diante de altos percentuais de insucesso no tratamento a busca de novas estratégias de intervenção se faz necessária, particularmente para incrementar a atividade física e diminuir o sedentarismo nos pacientes atendidos no ambulatório de obesidade. Além disso desde 2001 atua em educação física escolar e em treinamento desportivo e saúde/ nutrição.

O que é Badminton?

Badminton é um esporte individual ou de duplas, semelhante ao tênis e ao vôlei de praia, praticado com raquete e uma espécie de “peteca” chamada de volante. Esse esporte existe há mais de 2000 anos, sendo o mais rápido esporte de raquetes, com a “peteca” alcançando velocidades de até 2 km/h em um "smash”, golpe dado acima da cabeça.

Qualquer pessoa pode praticar?

Qualquer pessoa pode praticar o badminton desde que não tenha nenhuma restrição quanto a prática de atividade física. O esporte traz como contra-indicações pessoas que tenham problemas com torções, desgaste nas articulações e lesões no punho e cotovelo, pois a exigência das articulações neste esporte é muito intensa. Por isso antes de iniciar qualquer desporto consulte um médico e oriente-se com um profissional de Educação Física.

É uma prática indicada para perda de peso? Quantas calorias se perde?

Sim, é indicada para perda de peso. Dependendo de sua intensidade (vigor nas jogadas) e volume (tempo de duração) chega a perder de 150 a 400 kcal por 30 minutos de prática.

O Badminton é um exercício aeróbico?

Apesar de a quadra de Badminton ser menor que uma de tênis, a distância percorrida por um jogador de Badminton pode ser muito maior. Ao observar uma partida, é possível perceber que se trata de uma modalidade que requer uma atividade motora bastante complexa, tanto do ponto de vista motor quanto metabólico, que exige notavelmente os sistemas energéticos.

Alguns autores afirmam que as capacidades físicas condicionais e coordenativas se apresentam como a base da iniciação da maioria das modalidades esportivas individuais e em equipe, proporcionando o desenvolvimento de habilidades básicas para a execução de movimentos. Neste desporto, a força, a velocidade, a agilidade, a flexibilidade, os reflexos e a resistência são essenciais. Sendo o Badminton uma modalidade que utiliza diferentes vias metabólicas, tanto os sistemas aeróbico e anaeróbico. Contudo podemos considerar um desporto predominantemente aeróbico.

Como o Badminton entrou na sua vida?

Fui contratado como treinador personalizado para uma criança de 9 anos de idade que encontrava-se no estado de obesidade, sedentário e auto estima baixa. A criança não gostava de brincar e nem tão pouco relacionar com outras crianças da sua idade. Vivia mesmo a maior parte do tempo em atividades sedentárias.

Iniciei as aulas personalizadas, trabalhando com as modalidades esportivas mais conhecidas e difundidas no Brasil. Mesmo assim não despertava o interresse no garoto. Diante desta situação tive a idéia de apresentar novos desportos como o Badminton. No primeiro momento não despertou o interesse. Contudo, a partir da segunda aula, a criança começou a praticar e interagir com os equipamentos de forma lúdica sem nenhuma pretensão ou cobrança. Despertou assim um interesse pela pratica, daí a criança foi pesquisar sobre o esporte.

O Badminton é considerado um esporte diferenciado e pouco difundido aqui no Brasil. Com o passar dos treinamentos, os seus vizinhos de condomínio começaram a interagir e socializar com a criança e nas horas livres a praticarem juntos. Desta forma consegui conquistar a confiança e assim dar continuidade ao meu trabalho, que tinha como objetivo diminuir o seu tempo de sedentarismo, atingir o estado nutricional de eutrofia e aumentar sua auto estima.