Crianças são alvo de jogos online relacionados a alimentos não saudáveis

jogos online
www.jogos.palpitedigital.com

De acordo com pesquisa desenvolvida na Michigan State University por meio da análise de 143 sites de alimentos infantis que utilizam jogos interativos (advergames = advertising + games = publicidade + jogos) como publicidade, os jogos online e gratuitos promovem produtos alimentícios ricos em gorduras e açúcares e pobres em vitaminas e minerais.

Do total de 254 refeições, 101 lanches e 84 bebidas promovidos por sites, os pesquisadores encontraram que 98% de refeições e 78% de lanches não estavam de acordo com as diretrizes do governo americano. Tais informações preocupam os especialistas em saúde pública, uma vez que o consumo continuado e frequente de alimentos ricos em açúcares e gorduras por crianças leva ao aumento da obesidade infantil.

Lorraine Weattherspoon, professora associada de nutrição humana e ciência dos alimentos e diretora do programa didático em dietética da Michigan State University, alerta sobre a necessidade da regulação para controle deste tipo de propaganda, já que inexistem diretrizes específicas e uniformes para produtos industrializados promovidos nas mídias.

 Como o tempo em frente à televisão e ao computador está diretamente ligado ao consumo de alimentos não saudáveis, é necessário que os pais atentem para o uso destes tipos de aparelhos, uma vez que há propagandas de produtos alimentícios frequentemente, sem a regulação necessária em relação as suas propriedades nutricionais.

Por Lais Amaral e Ana Poblacion

Link para a notícia:

http://health.usnews.com/health-news/news/articles/2013/10/04/junk-food-makers-target-kids-with-free-online-games-study-says?page=2

Link para a pesquisa:

 http://www.cdc.gov/pcd/issues/2013/13_0099.htm