Qual a quantidade de vitamina K nas hortaliças brasileiras?

vitamina k

Essencial para a regulação da coagulação sanguínea e, segundo recentes estudos, importante também para a prevenção da osteoporose, a vitamina K foi foco de tese de doutorado desenvolvida recentemente na Faculdade de Ciência Farmacêuticas da Universidade de São Paulo (USP).

Foram mensuradas as quantidades de vitamina K de 22 hortaliças verdes produzidas no Brasil, uma vez que são os alimentos com maiores teores deste nutriente. As amostras foram coletadas na Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) entre os dez maiores atacadistas com certificação.

O estudo mostrou que, com exceção da alface crespa, todas as outras hortaliças brasileiras obtiveram valores diferentes das norte-americanas. Tais diferenças se dão por condições como o tipo de solo, a quantidade de luz recebida, dados pluviométricos e estações do ano. Estas informações revelam que a utilização de dados de tabelas de composição de alimentos norte-americanas são inadequadas para a realidade brasileira.

Segundo a química Simone Aparecida dos Santos Conceição Faria, autora da tese de doutorado, "a importância [de mensurar os alimentos brasileiros] é fazer com que a prescrição de uma dieta rica em vitamina K no Brasil seja feita da forma mais precisa possível". 

Link para a notícia: 

http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-09/estudo-mostra-quantidade-de-vitamina-k-contida-em-22-hortalicas