Diney corta publicidade de alimentos não saudáveis

Disney corta publicidade de alimentos não saudáveis

Conforme publicado no New York Times e no Blog consumismo e infância do projeto Criança e consumo do Instituto Alana, a Walt Disney Company anunciou que vai proibir publicidades de alimentos não saudáveis em suas mídias (tevê, rádio e site). Os produtos para serem anunciados devem seguir normas alinhadas às diretrizes propostas pelo governo americano no ano passado.

Segundo a Disney, esta atitude é positiva, pois fortalece a confiança das famílias, apesar da expectativa de diminuição dos anúnciantes.

A marca também busca por publicidade de alimentos mais saudáveis visto que desde 2006 a Disney vendeu mais de dois bilhões de porções de frutas e verduras licenciadas.

São estas atitudes que esperamos do setor privado a fim de combater a epidemia de obesidade infantil, que vem crescendo nos últimos anos em todo o mundo.

Por Juliana Bergamo Vega

Confira a matéria completa em:

http://www.consumismoeinfancia.com/11/06/2012/viram-isso-disney-corta-publicidade-de-alimentos-nao-saudaveis/

 

http://www.nytimes.com/2012/06/05/business/media/in-nutrition-initiative-disney-to-restrict-advertising.html?_r=2&hp