Todo mundo conhece o chocolate!

 

Composição do chocolate
IDEC,adaptado.

Seja ele amargo, ao leite ou branco, um dia todos provaram dessa guloseima. O que talvez vocês não saibam é o que realmente há nos produtos.

Os chocolates escuros contém em sua composição o cacau. Este ingrediente é considerado um alimento com propriedades funcionais e com alto poder antioxidante. Suas propriedades benéficas podem estar associadas também ao chocolate, desde que o mesmo tenha um alto teor de cacau - o que não acontece na prática.

Infelizmente, a maioria dos chocolates comercializados não disponibiliza em seus rótulos a informação da quantidade de cacau que compõe seu produto.

POR QUÊ??

Porque para ser considerado chocolate, o produto deve conter o mínimo de 25% de cacau em sua composição (Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (IDEC) tabulou os valores de oito chocolates e os resultados podem ser conferidos na figura.

Enquanto o Sistema de Atendimento ao Consumidor (SAC) de umas das marcas informou aos pesquisadores, que o teor de cacau era de apenas 13%, a acessoria de imprensa dizia ter 35,7%. Que estranho?! Outro dado interessante da pesquisa é que quatro das quatorze marcas pesquisadas informaram que a quantidade de cacau presente em suas fórmulas é de no mínimo 25%. Nos parece uma resposta perfeita pra caber nas recomendações da ANVISA.

Mas... o que tem no chocolate?

De acordo com a Tabela Brasileira de Composição dos Alimentos (TACO) os chocolates escuros (amargos e meio amargos) são os mais indicados para o consumo, pois contém maior quantidade de cacau. Conforme são acrescidos outros ingredientes, como gorduras, leite e açúcar, o chocolate perde sua característica principal: o Cacau.

O chocolate ao leite, por exemplo, possui em sua composição mais leite em pó e açúcar do que cacau, e o chocolate branco não contém cacau, e sim manteiga de cacau.

De modo geral, os brasileiros são resistentes ao sabor do chocolate com uma maior porcentagem de cacau, evidenciando nossa preferência pelo doce e, por consequência, com maior quantidade de açúcar, leite e gorduras. Já no exterior, a opção pelos chocolates com maior teor de cacau é uma unanimidade e quando oferecidos outros tipos de chocolate a recusa é alta.

Ficou preocupado?

Não é preciso retirar o chocolate da sua vida. Chocolate é bom e todo mundo gosta! Só é preciso que você coma de forma consciente, optando por um chocolate que faça melhor à sua saúde.

Nessa época de Páscoa há um descontrole da ingestão de doces, então observe melhor sua alimentação, e dos que o cercam, porque você é o que você come!

 

Chocolates
Rádio Bela Vista

 

Por Ana Paula Poblacion e Priscila Soares

Fonte:

http://www.idec.org.br/em-acao/revista/qual-e-mais-barato/materia/pouco-cacau/pagina/405

http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/economia/2013/07/10/internas_economia,449855/de-cada-tres-chocolates-consumidos-um-nao-e-real-diz-associacao.shtml

 http://www.unicamp.br/nepa/taco/contar/taco_4_edicao_ampliada_e_revisada.pdf?arquivo=taco_4_versao_ampliada_e_revisada.pdf