Consumo de bebidas açúcaradas cresce e consumo de leite diminui entre crianças e adolescentes brasileiros

 Um estudo publicado na BMC Public Health em 2012 revelou que o consumo de bebidas açucaradas entre crianças e adolescentes brasileiros de 3 e 17 anos cresceu significativamente, aproximando-se dos 20% e o consumo de leite vem diminuindo. O consumo de bebidas açucaradas como refrigerantes e sucos artificiais pode representar até 45% da energia total que provém dos líquidos.

bebidas açúcaradas

Vale ressaltar a importância destes achados já que o aumento de energia a partir do consumo de líquidos é um dos fatores mais importantes que podem impactar na alta prevalência de obesidade entre crianças e adolescentes não só no Brasil, mas em todo o mundo.

A diminuição do consumo de bebidas açucaradas pode prevenir o excesso de peso e o aparecimento precoce de doenças crônicas não transmissíveis.

Leia o artigo na íntegra em http://www.biomedcentral.com/content/pdf/1471-2458-12-1005.pdf