Já estava em tempo! Mas será que agora sai?

A Food and Drug Administration (FDA) está propondo uma série de mudanças no rótulo dos alimentos. Se aprovado, vamos vivenciar uma revolução na forma de ler rótulos aqui nos Estados Unidos, pois os que circulam nos pacotes de comidas e bebidas são de 20 anos atrás!

Muito do que estão propondo por aqui não é novidade no Brasil, como por exemplo, a lata de refrigerante ser considerada uma porção, pois ninguém pára de beber a lata pela metade só porque as calorias mostradas no rótulo correspondem a tal medida...

A proposta passeia entre destacar as calorias totais dos alimentos, bem como destacar as calorias advindas do açúcar de adição, atualizar os valores de sódio, fibra e Vitamina D e finalmente incluir o potássio, o cálcio e o ferro .

“Como pais ou consumidores deveríamos poder entrar no supermercado, escolher um produto da prateleira e decidir se é bom para a família”, disse Michelle Obama. Contestamos dizendo: “Sra. Primeira Dama dê uma chance ao Semáforo Nutricional! Cores são uma linguagem  mundial e facilitariam a vida de pais com pressa nos supermercados, estrangeiros e analfabetos a fazerem melhores escolhas para suas famílias.”

Vale saber se a indústria de alimentos, que passeia pelo Congresso com facilidade, vai deixar que as mudanças se concretizem e os consumidores tenham, de fato, o poder da escolha por acesso a informação! 

Por Ana Paula Poblacion

Leia mais: http://www.cnn.com/2014/02/27/health/nutrition-labels-changes/

  rotulo de alimento