Entra em vigor nova regulamentação para informações em embalagens de alimentos

Entra em vigor nova regulamentação para informações em embalagens de alimentos
www.fritasecia.com.br

Com o objetivo de evitar mensagens equivocadas aos consumidores e ajustar as normas brasileiras aos países do Mercosul, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) colocou em vigor, em 1º de janeiro de 2014, as novas regras para o uso dos termos “light”, “isento de gordura trans”, “sem adição de sal”, “fonte” ou “rico” em ômega 3, 6 e 9 em alimentos.

No caso destes últimos três termos, Rodrigo Martins de Vargas, especialista em regulação e vigilância sanitária da Anvisa, afirma que anteriormente não havia regulamento específico. Agora, para usar estes termos, os alimentos devem ter concentrações mínimas (ou máximas) dos nutrientes em questão.

A fim de garantir a qualidade da proteína oferecida, os produtos que utilizarem a alegação de “fonte” deste nutriente devem ter quantidades mínimas de determinados aminoácidos.

Já em relação ao termo “light”, para utilizá-lo o produto deve conter pelo menos 25% a menos de açúcar, gordura total, gordura saturada, sódio ou valor energético que o produto convencional do mesmo fabricante ou com base na média do mercado, caso este não exista.

Normas como estas seriam importantes para educar e conscientizar o consumidor de alimentos caso a população fosse mínimamente informada sobre alimentação e nutrição e a rotulagem fosse traduzida para o consumidor utilizando recursos pedagógicos como o semáforo nutricional http://www.saude.br/index.php. Estudos demonstram que a quase totalidade da população não lê os rótulos porque não entende o significado do que está escrito para sua saúde.

Por Laís Amaral Mais

Link para a notícia:

http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2014/01/1404642-regras-para-termos-light-e-isento-de-gordura-trans-entram-em-vigor.shtml