ANÁLISE DE RESÍDUOS DE AGROTÓXICOS EM ALIMENTOS – Relatório das análises monitoradas de 2013 a 2015 - ANVISA

  • Imprimir
Relatório ANVISA
Fonte: http://portal.anvisa.gov.br/noticias/-/asset_publisher/FXrpx9qY7FbU/content/divulgado-relatorio-sobre-residuos-de-agrotoxicos-em-alimentos/219201/pop_up?_101_INSTANCE_FXrpx9qY7FbU_viewMode=print&_101_INSTANCE_FXrpx9qY7FbU_languageId=pt_BR

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) por meio do Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (PARA) divulgou, no fim de novembro, o Relatório das análises de amostras monitoradas no período de 2013 a 2015.

O relatório resultou na análise de 12.051 amostras de 25 alimentos de origem vegetal, considerados comuns à dieta da população brasileira acordo com a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2008/2009 - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os alimentos analisados, coletados em estabelecimentos comerciais das capitais do Brasil, foram os seguintes: abacaxi, abobrinha, alface, arroz, banana, batata, beterraba, cebola, cenoura, couve, feijão, goiaba, laranja, maçã, mamão, mandioca (farinha), manga, milho (fubá), morango, pepino, pimentão, repolho, tomate, trigo (farinha) e uva.

Após analisadas, 2.371 amostras foram consideradas insatisfatórias para o consumo, sendo 362 por concentração de resíduos acima do Limite Máximo de Resíduos (LMR) e 2.211 por resíduos de agrotóxicos não autorizados para uso no Brasil.

A laranja e o abacaxi foram os alimentos analisados que apresentaram o maior risco agudo. Entretanto, a ANVISA afirma que os alimentos foram analisados como um todo, incluindo a casca e, nestes alimentos, a casca tem baixa permeabilidade aos principais agrotóxicos detectados podendo reduzir a concentração dos resíduos agrotóxicos na polpa.

Comparando os resultados com os relatórios anteriores, assim como em 2012, o pimentão continua apresentando dados alarmantes, sendo 89% das amostras com irregularidades (agrotóxicos acima do permitidos ou irregulares para esta cultura).

Por fim, o relatório faz algumas recomendações ao consumidor, como:

• Higienizar bem os alimentos com água corrente (no entanto, sabe-se que a higienização não elimina os agrotóxicos do alimento)

• Optar por alimentos rotulados com identificação do produtor

• Optar por alimentos da época

Lembrem-se que alimentos in natura, predominantemente de origem vegetal, devem ser a base de uma alimentação nutricionalmente equilibrada e o consumo regular de frutas, legumes e verduras está associado a um menor risco de contrair certos tipos de câncer e outras doenças crônicas não transmissíveis, dentre outras.

Alguns itens deste relatório receberam críticas de órgãos importantes, como Instituto Brasileiro de Defesa ao Consumidor (IDEC). Por exemplo, a apresentação dos dados diferente dos anos anteriores, dificultando a comparação dos resultados e insatisfatória orientação aos consumidores em relação ao manejo e consumo de agrotóxicos. Diante disso, a ANVISA apresentou em seguida uma nota de esclarecimento em resposta às críticas recebidas (Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/documents/111215/0/Nota+de+esclarecimento+-+Relat%C3%B3rio+do+PARA+2013+-+2015_06_12.pdf/97dce663-1868-4190-b9f0-080b6fd85590) . 

Por Ianna Lôbo

Referências:

Relatório das análises de amostras monitoradas no período de 2013 a 2015

http://portal.anvisa.gov.br/documents/111215/0/Relat%C3%B3rio+PARA+2013-2015_VERS%C3%83O-FINAL.pdf/494cd7c5-5408-4e6a-b0e5-5098cbf759f8

Resumo dos resultados

http://portal.anvisa.gov.br/documents/111215/0/PARA+-+Apresenta%C3%A7%C3%A3o+dos+resultados+-+2013+a+2015.pdf/f22c936a-4796-464c-9680-916c29b2bb5c

http://portal.anvisa.gov.br/noticias/-/asset_publisher/FXrpx9qY7FbU/content/divulgado-relatorio-sobre-residuos-de-agrotoxicos-em-alimentos/219201/pop_up?_101_INSTANCE_FXrpx9qY7FbU_viewMode=print&_101_INSTANCE_FXrpx9qY7FbU_languageId=pt_BR

Nota de esclarecimento ANVISA

http://portal.anvisa.gov.br/documents/111215/0/Nota+de+esclarecimento+-+Relat%C3%B3rio+do+PARA+2013+-+2015_06_12.pdf/97dce663-1868-4190-b9f0-080b6fd85590

Avaliação do IDEC

http://www.idec.org.br/em-acao/em-foco/idec-critica-relatorio-da-anvisa-sobre-residuos-de-agrotoxico-em-alimentos