Semana do Peixe

  • Imprimir

Semana do peixe“Inclua pescado na sua alimentação. É gostoso e faz bem para a saúde” é o lema da 8ª Semana do Peixe, que ocorre em setembro deste ano, pelo Ministério da Saúde e pelo Ministério da Pesca e Aquicultura. O objetivo é incentivar o brasileiro a consumir pescado com mais frequência. A ação faz parte do Plano de Desenvolvimento Sustentável – Mais Pesca e Aquicultura.

Por ser considerado um alimento nobre e saudável, a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda o consumo mínimo de 12 kg de peixe/habitante/ano, contudo o consumo brasileiro está muito aquém do recomendado, como média de consumo de 7 kg/habitante/ano. Para compararmos, no Japão o consumo chega a ser de 60kg/habitante/ano. A perspectiva é de que esses números cresçam, uma vez que o Ministério da Pesca e Aquicultura está implementando políticas para que o consumo médio brasileiro aumente para 9 kg/habitante/ano até 2011.

Já a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) projeta um aumento do consumo mundial de pescado para o ano 2030 de 16 kg/habitante/ano para 22,5 kg/habitante/ano, o que representa uma elevação de 100 milhões de toneladas/ano.

Conforme dados da última Pesquisa de Orçamento Familiar (2008-2009), a população rural brasileira consome mais peixes frescos e salgados que a do meio urbano. Se compararmos as prevalências de consumo entre as cinco Grandes Regiões do País, o consumo de peixe fresco e preparações ocorreu quase que exclusivamente na Região Norte. Além disso, o consumo de peixe fresco, peixe salgado e carne salgada é um pouco mais elevado na menor faixa de renda.

Veja abaixo a diferença no consumo per capita entre os diferentes tipos de carne:

Tabela1: Consumo médio per capta (g/dia). Brasil - Período 2008 - 2009

Alimentos

Total

Masculino

Feminino

Peixes frescos e preparações

23,4

26,3

20,8

Peixes em conserva

0,4

0,6

0,3

Peixes salgados

2,9

3,4

2,4

Outros pescados

0,7

0,7

0,6

Carne bovina

63,2

73,5

53,6

Carne suína

8,5

10,2

7,0

Aves

36,5

40,1

33,2

 

Tabela 2 Prevalência de consumo alimentar por Grandes Regiões, segundo os alimentos – Brasil- Período 2008-2009

Alimentos

Norte

Nordeste

Sudeste

Sul

Centro-Oeste

Peixes frescos e preparações

21,6

9,8

3,5

2,3

2,3

Peixes em conserva

0,9

0,9

0,6

0,1

0,3

Peixes salgados

1,9

1,1

1,0

0,3

0,2

Outros pescados

1,5

0,5

0,2

0,5

0,0

Carne bovina

47,4

44,4

49,2

50,2

60,4

Carne suína

2,3

2,0

5,0

6,1

4,8

Aves

26,8

29,7

25,4

26,5

27,6

Você se interessou? Baixe a cartilha da campanha no portal do Ministério da Saúde, com explicações e receitas: http://portal.saude.gov.br/saude/campanha/semana_peixe_cartilha_090911.pdf

Referências:

BRASIL. Ministério da Saúde. Disponível em: http://portal.saude.gov.br/ Acesso em: 14 set. 2011

IBGE. Pesquisa de orçamentos familiares 2008-2009: análise do consumo alimentar pessoal no Brasil. Rio de Janeiro: IBGE, 150p. 2011. Disponível em:http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/condicaodevida/pof/2008_2009_analise_consumo/pofanalise_2008_2009.pdf . Acesso em: 14 set. 2011

PEIXE: BOM PARA A MESA E PARA OS NEGÓCIOS. Revista Premissas. Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, Mato Grosso do Sul. n.2, p.46-52, jul. 2010. Disponível em: http://www.periodicos.ufgd.edu.br/index.php/premissas/article/viewFile/846/511 . Acesso em: 14 set. 2011

Por Fernanda Seyr Pozza