Programa Minha Escolha x Traffic Light Labelling

  • Imprimir

O PROGRAMA MINHA ESCOLHA é uma iniciativa global liderada pela Choices International Foundation (CIF) com o objetivo de tornar a escolha mais saudável em uma escolha mais fácil.

O Programa teve início na Holanda e posteriormente foi implementado na França, República Checa, Polônia e Estados Unidos. Na América Latina, já esteve presente no Chile e chega agora ao Brasil, onde quatro empresas já se inscreveram para ter seus produtos avaliados: Perdigão®, Nutrimental®, Unilever® e Batavo®.

É um sistema que avalia a quantidade de nutrientes cujo consumo está relacionado de forma convincente ao alto risco de doenças crônicas: AÇÚCAR, SÓDIO, GORDURA SATURADA E GORDURA TRANS. A metodologia está alinhada com a Estratégia Global da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre dieta, atividade física e saúde (2004), que recomenda limitar a quantidade desses nutrientes nos produtos alimentícios.

Desta forma, os produtos que preencham os critérios estabelecidos recebem o selo “MINHA ESCOLHA”, de fácil reconhecimento para diferentes produtos:

 

Programa minha escolha

Nutrientes

Recomendações Internacionais (*)

Critérios Genéricos de Avaliação

Gordura Saturada

8% a 13 % en

Conteúdo

Até 10% en

 

Conteúdo

Qualidade

33% do total de gordura.

Gordura Trans

1% a 2 % en

Conteúdo

até 2 %

Sódio

0,9 a 1,6 mg/kcal

 Conteúdo

até 1.6 mg/kcal

Açúcar

10% a 25 % en

Açúcares totais

25 % en

 

 

Açúcares Adicionados

7g/100g de produto

 A tabela com os valores de referência genéricos originais do Programa publicada no European Journal of Clinical Nutrition encontra-se abaixo:

Para informações mais específicas sobre o Programa, bem como sua metodologia, critérios de inclusão de diferentes produtos e abrangência mundial, acesse o site oficial: www.programaminhaescolha.com.br .

PROGRAMA MINHA ESCOLHA X TRAFFIC LIGHT LABELLING

Realizando uma comparação entre o Programa Minha Escolha e o Traffic Light Labelling (publicado no Portal Estilo de Vida Saudável na semana passada), observa-se que o Minha Escolha é um sistema mais criterioso de classificação, uma vez que havendo a inadequação na quantidade de um dos nutrientes avaliados, o produto simplesmente não recebe o selo, e, portanto, sua presença na embalagem indica boa qualidade nutricional de todos os nutrientes propostos, o que no Traffic Light Labelling representaria a classificação verde para todos os nutrientes.

O Traffic Light Labelling por outro lado, estaria presente em todas as embalagens, independente da sua qualidade nutricional, e todos os nutrientes receberiam a sua classificação, positiva ou negativa, (verde = quantidade ideal, amarelo = atenção, vermelho = quantidade excessiva).

Como exemplo de comparação entre os métodos, a equipe de nutricionistas do Portal Estilo de Vida Saudável realizou a classificação de um produto segundo ambos. Observe que o produto não receberia o selo Minha Escolha, da mesma forma que não teria classificação verde para nenhum nutriente segundo o Traffic Light Labelling:

Os dois sistemas já foram apresentados à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), e são, com certeza, iniciativas de grande valia para o auxílio do consumidor na escolha do produto mais saudável.

O ideal seria que ambos os sistemas fossem reavaliados por profissionais da área da saúde, nutrição e alimentos, para que se chegue a um consenso do melhor sistema a ser utilizado, ou à unificação entre as propostas de rotulagem, como forma de garantir maior entendimento e aderência por parte dos consumidores.

Texto elaborado por: Giovana Longo Silva