Semana Mundial da Amamentação: Presente saudável, futuro sustentável

  • Imprimir

   Dia 1º de agosto iniciou a Semana Mundial da Amamentação (WABA) um evento de extrema relevância que promove ações e discussões a respeito da Sobrevivência, Proteção e Desenvolvimento da Criança. Neste ano, o tema é a amamentação como ferramenta para o desenvolvimento sustentável e propõe que as relações entre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), o aleitamento materno e a Estratégia Global para a alimentação de lactentes e crianças de primeira infância sejam reforçadas.

    A Semana Mundial da Amamentação vem para reforçar a ideia de que se pode alcançar o desenvolvimento sustentável através da promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno, por meio de um modo de vida atual que não prejudique as gerações futuras.

SMAM2016
                                                                http://www.worldbreastfeedingweek.org/downloads.shtml

        Quais são os principais objetivos da WABA 2016?

1) Informar as pessoas sobre os novos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e como eles se relacionam com o aleitamento materno e a Estratégia Global para a Alimentação de Lactentes e Criança de Primeira Infância.

2) Ancorar firme o aleitamento materno como componente essencial para o desenvolvimento sustentável.

3) Estimular uma variedade de ações quanto ao aleitamento materno e alimentação infantil em todos os níveis, na nova era dos ODS.

4) Envolver e colaborar com uma ampla gama de atores em torno da promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno.

   Porque a WABA é importante?

   É indiscutível que a amamentação é a base para a saúde de todas as crianças tanto a curto como a longo prazo. No entanto, as taxas de aleitamento materno no mundo permaneceram estagnadas nas últimas duas décadas e menos de 40% das crianças abaixo de seis meses de idade são amamentadas exclusivamente no peito. 

  A verdade é que as mulheres enfrentam muitas dificuldades para amamentar. Muitas vezes recebem informações incorretas por parte dos profissionais de saúde, falta de apoio no círculo familiar, não têm acesso ao aconselhamento qualificado para a amamentação, enfrentam a promoção agressiva de alimentação complementar precoce e de mamadeiras e bicos, ou são forçadas a voltar a trabalhar logo após o nascimento do bebê. Todas estas barreiras dificultam a amamentação exclusiva por seis meses e a continuação até os dois anos ou mais, como recomendado pela Organização Mundial de Saúde.

  São muitas as informações e recomendações do que é preciso para apoiar e tornar possível que todas as mulheres amamentem da maneira ideal, porém ainda há muito a ser feito para que isso se torne uma realidade e a Semana Mundial da Amamentação vem para ampliar e envolver mais e mais pessoas nestas discussões e propor algumas soluções.

Por Fabrícia Ramos de Freitas

Leia mais em: http://www.worldbreastfeedingweek.org/index.shtml

Divulgação:

O evento a "Hora do Mamaço 2016" em São Paulo, SP, acontecerá no dia 06/08/2016, para promoção do aleitamento materno.

Hora do mamaço SP
https://horadomamaco.wordpress.com/